Kino Lorber anunciou que adquiriu os direitos estadunidenses e canadenses do filme mais recente do diretor brasileiro Aly Muritiba: “Deserto Particular”. O filme foi negociado através de seu agente de vendas mundial: a Intramovies. Produzido por Grafo e Fado Filmes, o filme teve sua estreia mundial no Festival de Veneza deste ano, onde ganhou o Prêmio do Público na sessão Venice Days. O filme é a indicação do Brasil ao Oscar de Melhor Filme Internacional.



O longa conta a história de Daniel um policial exemplar que acaba cometendo um erro que coloca em risco sua carreira e sua honra. Quando nada mais parece o prender a Curitiba, ele parte em busca de Sara, uma mulher com quem se relaciona virtualmente.

“Deserto Particular” teve sua première mundial no Festival de Veneza deste ano, aonde conquistou o prêmio do público (PREMIO DEL PUBBLICO BNL 2021) da Mostra Venice Days e teve sua première em território brasileiro na 45ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Recentemente também conquistou os prêmios de Melhor Filme, Melhor Ator (Antonio Saboia e Pedro Fasanaro), Melhor Atriz Coadjuvante (Zezita Matos), Melhor Ator Coadjuvante (Luthero Renato de Almeida) e Melhor Trilha Sonora na 25ª Edição do Cine PE. E também os prêmios de Melhor Filme e Melhor Atuação, para Pedro Fasanaro no Mix Brasil 2021; Melhor Filme Internacional TLVFest 2021 – The Tel Aviv Internacional LGBTQ Film Festival, e recebeu o Premio Camilo (conferido ao melhor longa com temática LGBTQ) e Prêmio de Transfusión de Huelva, no Festival de Huelva – Cine Iberoamericano, na Espanha. Com distribuição da Pandora Filmes o longa está nos cinemas brasileiros.



Walter Salles elogia o trabalho de Aly: “Aly Muritiba realiza um grande filme, extremamente bem dirigido, com atuações luminosas. Em um momento de embrutecimento do país, Aly Muritiba aponta para um outro futuro possível, muito mais sensível, inclusivo e generoso. Imperdível.” E complementa sobre o longa: “é um filme imperdível, e um retrato sensível e emocionante de um Brasil em transe”.

“Deserto Particular exemplifica o equilíbrio harmonioso de produção cinematográfica pessoal, política e formalmente ousada que esperamos do cinema brasileiro contemporâneo”, disse Wendy Lidell, vice-presidente sênior teatral da Kino Lorber “Seu retrato cuidadoso de um romance queer inesperado supera os estereótipos ao mesmo tempo em que oferece um olhar incisivo sobre o estado de masculinidade na sociedade moderna.”

A distribuição nos cinemas dos EUA e Canadá será em 2022, seguido por um lançamento em todas as principais plataformas digitais e home-video.