A programação da próxima semana do A LA CARTE está mais do que especial! Além das cinco aguardadas estreias semanais, que chegam na quinta-feira, 18 de novembro, o streaming traz também a programação da 17 ª Mostra Internacional do Cinema Negro, a partir da quarta-feira, 17.11! Apresentando 10 longas e 14 curtas-metragens, o acesso aos filmes será gratuito para assinantes e não assinantes do streaming. Também conhecida pela sigla MICINE, este ano, a mostra – que tem curadoria de curadoria do Prof. Dr. Celso Luiz Prudente – completa 17 anos de edições consecutivas.

As estreias prometem agradar todos os públicos e gostos! Para os fãs de suspense “Curva do destino” (1945) deEdgar Ulmer, filme estrelado por Ann Savage, atuação que o cineasta alemão Wim Wenders descreveu como estar “30 anos à frente de seu tempo”; “Não estou lá”, longa de ToddHaynes (“Velvet Goldmine”, “Longe do Paraíso” e “The Velvet Underground”), longa estrelado por Christian Bale, Cate Blanchett e Richard Gere, e que retrata um dos maiores artistas contemporâneos: Bob Dylan, de forma criativa e inusitada; o surpreendente documentário “O longo caminho para casa”, vencedor do Oscar 1998 de Melhor Documentário, e que narra as condições dos refugiados judeus após a Segunda Guerra Mundial e a criação do moderno Estado de Israel; os fãs de cinema italiano não podem perder “O grande espírito”, de Sergio Rubini; e para fechar, a comédia “Feminices”, de Domingos de Oliveira, um “documentário confessional de caráter ficcional” sobre o comportamento feminino e a própria feminilidade. 

Confira abaixo as sinopses dos filmes e a programação completa da Mostra de Cinema Negro.

Curva do destino (Detour)
EUA, 1945, Suspense, 68 min, 14 anos
Direção: Edgar Ulmer
Elenco: Tom Neal, Ann Savage, Claudia Drake e Edmund MacDonald
Sinopse:
 Al Roberts é um músico de jazz maltrapilho que viaja pelos Estados Unidos de carona, e vê sua vida se transformar num inferno depois que um motorista morre na sua frente, e ele resolve assumir a identidade do morto. A coisa piora quando ele se envolve com a vulgar Vera, que depois de o levar a um estado degradante, faz com que ele cometa uma terrível besteira.

Não estou lá (I´m Not There)
Alemanha | Canadá | França, 2007, Biografia, 135 min, 12 anos
Direção: Todd Haynes
Elenco:  Christian Bale, Cate Blanchett, Heath Ledger
Sinopse: Bob Dylan (Christian Bale / Cate Blanchett / Heath Ledger / Marcus Carl Franklin / Richard Gere / Ben Whishaw), ícone musical, poeta e porta-voz de uma geração. Sempre viveu em constante mutação ao longo da vida, especialmente durante os anos 1960. Musicalmente, fisicamente, psicologicamente, as alterações do seu personagem público dialogaram com acontecimentos sociais e ocasionaram múltiplas repercussões culturais. De jovem menestrel a profeta folk, de poeta moderno a roqueiro, de ícone da contracultura a cristão renascido, de caubói solitário a popstar

O longo caminho para casa (The Long Way Home)
EUA, 1997, Documentário, 120 min
Direção: Mark Jonathan Harris
Elenco: Morgan Freeman (narração), Martin Landau, Winston Churchill, Israel Lau e Livia Shacter
Sinopse: Este documentário vencedor do Oscar retrata as condições dos refugiados judeus após a Segunda Guerra Mundial e a criação do moderno Estado de Israel.

O grande espírito (The great spirit | Il grande spirito)
Itália, 2019, Crime, 103 min, 12 anos
Direção: Sergio Rubini
Elenco: Sergio Rubini, Rocco Papaleo, Bianca Guaccero, Ivana Lotito
Sinopse: Subúrbios de Taranto. Durante um assalto, um dos três cúmplices, Tonino conhecido como Poodle, aproveitando a distração dos outros dois, rouba todo o saque e foge.

FEMINICES – Um quase documentário de Domingos Oliveira | Dedina Bernardelli

Feminices
Brasil, 2004, Comédia, 72 min, 14 anos
Direção: Domingos de Oliveira
Elenco: Priscilla Rosenbaum, Dedina Bernadelli, Clarice Niskier e Cacá Mourthé.
Sinopse: Dez anos após montarem a peça teatral Confissões de Mulheres de 30, quatro amigas decidem se reunir para escrever uma nova peça: Confissões de Mulheres de 40. Quatro corajosas atrizes reúnem-se na pesquisa de um tema provocante, o comportamento e intimidades das mulheres, e estão na busca de um diretor para a peça. O que elas não sabiam é que o próprio diretor transformaria a montagem teatral em documentário cinematográfico, um “documentário confessional de caráter ficcional” sobre o comportamento feminino e a própria feminilidade.

17 ª Mostra Internacional do Cinema Negro

Celebrando o Mês da Conciência Negra, de 17 a 30 de novembro, o À La Carte exibe com exclusividade a 17 ª Mostra Internacional do Cinema Negro. Apresentando 10 longas e 14 curtas-metragens, o acesso aos filmes será gratuito para assinantes e não assinantes do streaming. Também conhecida pela sigla MICINE, este ano, a mostra completa 17 anos de edições consecutivas.

A mostra tem curadoria do Prof. Dr. Celso Luiz Prudente, professor Associado da Universidade Federal do Mato Grosso, pesquisador do Centro de Estudos Latino Americano de Comunicação e Cultura e apresentador e Diretor do Programa Quilombo Academia, da Rádio USP FM de São Paulo.

Entre os 10 longas, a mostra apresenta:

  • “A Noite Escura da Alma”, de Henrique Dantas, um documentário experimental que aborda a ditadura militar e civil ocorrida na Bahia. O filme conta com depoimentos do ex-ministro da Cultura Juca Ferreira, da cineasta Lúcia Murat, e do ator Bertrand Duarte, entre outros;
  • “O Paí ó”, de Monique Gardenberg, com Lázaro Ramos, Wagner Moura, Dira Paes e Bando de Teatro Olodum no elenco, com trama cheia de música e humor, ambientada no histórico Pelourinho, durante o Carnaval em Salvador;
  • “Mussum, um Filme do Cacildes”, de Susanna Lira, é sobre a trajetória do músico e comediante Mussum,  integrante dos Trapalhões, grupo que revolucionou a forma de fazer humor na TV brasileira. O elenco conta com a presença de Renato Aragão, Lázaro Ramos, Dedé Santana e Alcione;
  • Alcione é a estrela absoluta de mais um filme da Mostra: “Samba é Primo do Jazz”, de Angela Zoé. O filme mostra a trajetória musical desta grande diva da música brasileira,  a partir de suas referências musicais, sua inserção no mundo da música e sua relação com família e amigos.