Estrelado por Rebecca Hall, o longa acompanha uma viúva que passa a descobrir segredos perturbadores de seu marido recentemente falecido

No dia 23 de setembro, estreia nos cinemas do Brasil A Casa Sombria, novo filme de terror de David Bruckner (O Ritual) e estrelado por Rebecca Hall (Vicky Cristina Barcelona; Atração Perigosa). O longa segue a história de Beth (Hall), uma viúva que começa a descobrir os segredos de seu falecido marido.

Balançada com a morte inesperada, Beth vive sozinha em uma casa à beira do lago, que o marido construiu para ela. A protagonista tenta o melhor que pode para se manter bem, mas então chegam os pesadelos: visões perturbadoras de uma presença na casa a chamam, acenando com um gesto fantasmagórico. Contra o conselho de seus amigos, ela começa a vasculhar os pertences de seu marido, ansiando por respostas. O que ela descobre são segredos terríveis e um mistério que está determinada a resolver.

Confira, abaixo, os motivos que fazem o filme ser um dos mais esperados do ano!

Terror nos moldes clássicos, mas com temas importantes

A Casa Sombria é uma ótima opção para os fãs de um bom filme de terror nos moldes clássicos. Trata-se de uma produção de mistério e suspense sobrenatural com um toque de uma história de fantasmas. O diretor David Bruckner descreve o longa-metragem como “uma história de fantasmas com nuances de romance gótico e um retrato de um casamento profundamente conturbado. É uma história misteriosa e angustiante de desvendamentos; um labirinto em que você entra por sua própria conta em risco”.

Ao mesmo tempo, no entanto, o filme aborda temas profundos, como luto, depressão, autodestruição e a sanidade dos relacionamentos. Bruckner diz: “o filme explora as muitas maneiras que afetamos uns aos outros em um relacionamento; quão vulneráveis podemos ser aos demônios uns dos outros e às aparências que mantemos”.

Rebeca Hall acrescenta: “É inconcebivelmente complicado e difícil. No caso da Beth, ela fica se perguntando se alguma vez conheceu o homem com quem se casou. O filme pega essa ideia e leva ao extremo”. Ela continua: “E, no final das contas, o filme é sobre assistir uma mulher chegar a um acordo com algo que destrói a vida e descobre como aceitá-lo, libertá-lo, para então sobreviver”.

Atuação de Rebecca Hall

Quem dá vida à protagonista Beth é Rebecca Hall, conceituada atriz anglo-americana, cuja carreira abrange blockbusters, filmes de arte e peças de teatro aclamadas e respeitadas. Seus trabalhos mais notáveis incluem “Christine: Uma História Verdadeira”, em uma atuação que recebeu aclamação da crítica; e “Vicky Cristina Barcelona”, de Woody Allen, num papel que lhe rendeu indicações ao Globo de Ouro, BAFTA Orange Rising Star, London Critics Circle e Gotham Award. A atriz também atuou, entre muitos outros filmes, em “Atração Perigosa”, “O Grande Truque” e “O Despertar”. Na televisão, protagonizou as séries “Tales from the Loop”, “Parade’s End”, entre outras.

Aclamação da crítica

A Casa Sombria tem recebido críticas positivas dos veículos internacionais. No Rotten Tomatoes, site especializado que compila as principais críticas de filmes e séries, o filme conquistou 86% de aprovação. Segundo o consenso geral, “liderado pela performance arrepiante de Hall, [o filme] oferece um horror atmosférico que nos envolve intelectual e emocionalmente”.