Filmes e Séries Resenhas

Crítica: “Como Hackear Seu Chefe” – Comédia nacional retrata de forma dinâmica os dilemas do home-office

Já imaginou enviar, por engano, um meme comprometedor sobre o seu chefe para o e-mail dele? Isso é o que acontece com Victor (Victor Lamoglia) em “Como Hackear Seu Chefe”. A comédia, dirigida por Fabrício Bittar, que estreou ontem diretamente nas plataformas digitais, acompanha as confusões vividas pelo personagem ao tentar fazer com que seu chefe, Britto (Augusto Madeira), não tenha acesso ao e-mail.

Nós já assistimos e aqui vai uma breve resenha crítica sobre a produção:

Dentre os inúmeros desafios que surgiram com a pandemia, há o grande dilema das equipes de cinema na hora de rodar um filme, porque afinal, como fazer isso quando o distanciamento e a quarentena são obrigatórias e seguras?

Nos EUA, tornou-se comum o formato screenlife, onde filmes inteiros são dirigidos, filmados e desenvolvidos através da tela do computador. No Brasil ainda não havia tantos projetos nesse estilo, até a estreia do novo longa de comédia nacional “Como Hackear Seu Chefe”.

Sem perder o timing, as interações via chamada de áudio e vídeo não dificultaram o ritmo do enredo principalmente pelo elenco carismático e divertido.

Um fator interessante, é que o filme não precisou citar a pandemia para tratar de assuntos atuais do jovem em home-office, como: as reuniões que tomam o dia todo, o chefe sem noção, os colegas de trabalho que desabafam entre si, o e-mail enviado por engano, e até a insistência da verificação do reCAPTCHA que nos deparamos quase que diariamente na internet.

Não ouso dizer que a narrativa me lembrou muito a do filme “Buscando…” não em seu enredo, mas na forma em que é contada, com o uso de diversas plataformas de imagens entre os stories do Instagram, a caixa de mensagens, uma imitação da Twitch e as abas de pesquisa do protagonista. O título também parece ter sido inspirado em “Como Matar Meu Chefe”, trazendo uma versão pandêmica e leve da comédia norte-americana.

Com certeza outras produções também já seguiram este formato, mas no Brasil ainda foi pouco explorado, e “Como Hackear seu Chefe” ainda consegue fazer rir, mesmo às vezes perdendo a mão na comédia.

Um destaque especial para o ator Paulinho Serra que está hilário no papel exagerado e cômico de um guru espiritual, e Nuno Leal Maia, veterano que aparece pouco, mas arranca altas gargalhadas do público ao interpretar um familiar”Tio do Zap”.

Por fim, “Como Hackear seu Chefe” talvez tenha perdido a linha em alguns momentos, mas não há até agora uma comédia tão leve e atual quanto está, que se desliga um pouco da grave situação do país, representando nas telas uma realidade dos bastidores da vida real dos jovens presos ao home-office.

Uma rotina conhecida por muitos brasileiros e que mesmo com seus dramas, gera divertidos momentos. Seria cômico se não fosse trágico não é mesmo?

“Como Hackear Seu Chefe” tem distribuição da Synapse e produção da Clube Filmes. Paulinho Serra, Esdras Comedy, Fafá Rennó e Nuno Leal Maia, também integram o elenco.

Assista clicando aqui!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: