Fernando Coimbra, diretor brasileiro já está trabalhando em um novo projeto americano. Depois de “Castelo de Areia”, lançado em 2017 pela Netflix, ele vai dirigir “Girl Named Sue”, um drama policial, estrelado nada mais, nada menos do que por Shailene Woodley.

A trama é inspirada na verdadeira história de Sue Webber-Brown, uma policial do DEA, o departamento federal de Combate às Drogas. Ela foi responsável por criar um protocolo de proteção às crianças que vivem em ambientes afetados por narcóticos nos Estados Unidos. A ideia do filme é abordar como ela bateu de frente com o machismo e arriscou sua carreira e família nos anos 90.

A produção do longa fica a mando do cineasta canadense Jean-Marc Vallée, com quem Woodley já trabalhou em “Big Little Lies”, já o roteiro é de Lisa Cole e Mark Monroe. Ele escreveu os famosos e premiados documentários “A Enseada” e “Ícaro”, e ela foi produtora das séries documentais “Behind the Music” e “Gangsters: America’s Most Evil”.

“Girl Named Sue” ainda não tem previsão de lançamento.

Por Mell Braga